28 de novembro de 2007

O Outono da minha Nogueira

Se a palavra não existisse deixaria de ser nogueira?
As folhas que restam, poucas, oxidadas, num último resquício de vida antes da queda.
Completa-se o ciclo para se reiniciar um novo, porque a vida é um círculo.
As palavras sobram. Desconhece.
Basta-lhe a sabedoria que habita o silêncio da seiva sangue terra céu, para se fazer cumprir.
[clicar nas imagens para aumentar]







19 de novembro de 2007